Júri popular de acusado de matar menina de 11 anos acontece nesta segunda-feira, na PB

radar190

Corpo de Anielle foi encontrado no dia 8 de setembro de 2021, três dias após o desaparecimento.

Júri popular


O júri popular de José Alex da Silva, acusado de matar Anielle Teixeira, em João Pessoa, vai acontecer nesta segunda-feira (6). O corpo da menina de 11 anos foi encontrado no dia 8 de setembro de 2021, três dias após o desaparecimento dela na orla de Cabo Branco, na capital.

O julgamento vai acontecer no Fórum Criminal de João Pessoa, a partir das 9h.

Ao ser preso, José Alex confessou ter matado a garota, mas negou que a estuprou. Depois, a defesa dele informou que o acusado alegou ter sido agredido para confessar o crime.

Após a conclusão do inquérito policial do caso, o acusado foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado. Cerca de 10 dias depois, após o recebimento de um laudo feito pela perícia criminal, José Alex oi indiciado novamente por estupro de vulnerável.

Anielle Teixeira foi encontrada morta após três do desaparecimento, em João Pessoa –  Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Relembre o caso

O corpo de Anielle Teixeira, de 11 anos, que desapareceu no dia 5 de setembro de 2021, foi encontrado na madrugada do dia 8 do mesmo mês em uma mata no bairro de Miramar, em João Pessoa.

Conforme informações da Polícia Civil, o corpo dela foi encontrado apenas com a blusa. Ela sumiu na madrugada de um domingo, depois de sair da praia do Cabo Branco de bicicleta com um homem.

Na época, a delegada Luisa Correia adiantou que o corpo foi encontrado com sinais de decomposição, o que levou a Polícia Civil e a perícia a acreditarem que a criança foi morta logo após a saída da praia, no mesmo local em que o corpo foi encontrado.

A delegada também informou que existem filmagens que mostram o suspeito, que está preso, entrando na mata onde Anielle foi encontrada e saindo do local sozinho.

De acordo com a mãe da vítima, ela estava com os filhos dormindo em um quiosque, onde ela conhecia os donos, após passar o sábado na praia.

A mãe explicou que as taxas de transportes por aplicativo estavam muito altas, então resolveu ficar no local e ir embora de manhã cedo. Por volta das 5h, Anielle sumiu.

A irmã mais nova da vítima teria informado para a mãe que Anielle teria sido convidada a sair com um homem em uma bicicleta e ela não quis ir com a irmã. Depois disso, a m

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Homem consegue na justiça direito de andar nu sem ser multado ou preso

Alejandro Colomar, de 29 anos, foi filmado chegando ao tribunal usando apenas um par de botas. Espanha Um tribunal superior da Espanha decidiu a favor de um homem que foi multado por andar nu pelas ruas de uma cidade na região de Valência, e que depois tentou comparecer a uma […]

Subscribe US Now