Mãe de 113 anos, que já conheceu Lampião, é cuidada com carinho pela filha, em Conceição; vídeo

radar190

“Toinha”, a filha que cuida com todo carinho da mãe dela, Dona Maria José da Conceição, uma senhora que nasceu no ano de 1.910, fica emocionada ao falar da possibilidade da mãe morrer. Com 113 anos, Dona Maria é a mulher mais velha da cidade de Conceição, na Paraíba. (Assista ao vídeo, abaixo, com parceria com a loja LS Móveis, em Santa Inês)

A aposentada nasceu em Águas Belas, Pernambuco, mas reside em Conceição, desde quando era criança.

Apesar da idade, Dona Maria José ainda lembra de histórias da passagem de Lampião, ‘o Rei do Cangaço’ pelo município de Conceição.

Para a filha, ter uma mãe viva é uma bênção. Ela chora ao pensar na possibilidade da mãe falecer.

“Todo dia eu tô aqui, cuidando dela. De ‘manhãnzinha’ eu me levanto, faço o café, cuido das minhas plantas e venho para cá, cuidar dela, fazer o café dela. Quando minha menina não vai trabalhar, eu descanso, ela fica cuidando de mãe. Mas, quando minha menina vai para a escola eu fico aqui, cuidando dela. Ela fica andando ‘pra qui, pra colá’. Mas, eu me sinto bem e feliz, enquanto eu tiver ela viver. A bênção da vida da gente é uma mãe”, disse Toinha à VPNTV.

Por Gilberto Angelo, do Vale do Piancó Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Irmãs do litoral que desapareceram após deixar carta são encontradas no interior de SP

As irmãs Daniele Moreno de Lima, de 22 anos e Poliana Moreno de Lima, de 19 anos, são de Caraguatatuba e estavam desaparecidas desde o dia 2 de maio. As duas irmãs que desapareceram após deixar uma carta para os pais, em Caraguatatuba, no Litoral Norte de São Paulo, foram encontradas […]

Subscribe US Now